Arauá policia prende quadrilha que se preparava para assaltar Banco na cidade.

03/09/2013 20:32
03/09/2013 - 16:53           Fonte - Infonet
 
Quadrilha especializada em assalto a Banco é presa em SE
 
Os acusados se preparavam para assaltar um Banco em Arauá
 
Homens foram presos no interior do estado (Fotos: Portal Infonet)

A polícia sergipana desarticulou uma quadrilha especializada em roubos a banco. O grupo composto por quatro homens, já se preparava para assaltar uma agência bancária no Município de Arauá, quando foram pegos pela polícia. Os homens se dividiram e foram presos no interior do Estado. 

Adinael Oliveira Santos, de 24 anos, é natural de Salvador e utilizava uma CNH falsa com o nome falso de Marcos Henrique Cerqueira. Também foi detido o paulista Fábio Junior da Conceição Souza, de 34 anos, que se apresentou com nome falso de Iremar da Silva. Mário Márcio da Silva, de 31 anos, e Miguel Pereira dos Santos, também de 31 anos, são fugitivos de um presídio no Mato Grosso. Todos estavam com documentos falsificados.

O diretor do Complexo de Operações Policiais (COPE), Flavio Albuquerque, deu detalhes da prisão em uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, 3. Albuquerque explicou que os homens fazem parte de uma quadrilha que foi presa há quatro meses, quando Policia Rodoviária Federal (PRF), numa ação conjunta com o Cope fez uma abordagem a um veículo em Laranjeiras. Nele, tinham 3 pessoas envolvidas com os que estão presos.

Ainda segundo Albuquerque, as investigações continuaram após a abordagem. “Após diligência, identificamos aqueles que seriam os principais da quadrilha. Eles são do Mato Grosso e da Bahia. Eles chegaram a Salvador de avião no último sábado, 31, e seguiram para as cidades de Simões Filho e depois Feira de Santana, na Bahia. Lá eles pegaram os equipamentos e seguiram para o interior de Sergipe. Dois deles foram presos entre Pedrinhas e Arauá, já a outra dupla entre Umbaúba e Cristinápolis. “Miguel e Mário Márcio, entraram no estado com o veículo celta e Marcos Henrique Cerqueira e Iremar com um veículo palio branco.

Objetos que seriam utilizados no roubo

A polícia apreendeu dentro dos dois veículos, vários objetos que seriam utilizados na ação, dentre eles, um maçarico, isopor e armações em acrílicos que serviriam para burlar os sensores de presença, além de uma lona com a marca do banco, para impedir que fossem vistos durante a ação. “Nós já investigávamos a quadrilha há mais de três meses. São perigosos e inclusive teriam pago propina para fugir do presídio de Mato Grosso, de onde saíram pela porta da frente. Esse elementos são audaciosos e organizados”, disse.

Albuquerque atribuiu ainda, que todos os fatos relacionados a furtos e roubos de cash em supermercados e agências bancárias ocorridas no estado, são de autoria da quadrilha.

Por Eliene Andrade

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!